Pedro Laginha

“(...)Acredito que estamos a chegar a uma fase de transição de pensamento e atitude em relação ao que nos rodeia.

Eu, pessoalmente, ando muito desiludido com os senhores que continuam a decidir a nossa vida e o que é importante (para eles!) nela.

É preciso haver uma tomada de consciência geral. Não podemos continuar a baixar a cabeça e a deixar andar.

Atitudes têm de ser tomadas. Tem de haver uma responsabilização pública pelos erros feitos, pela mentira e pelo engano.

Eu até iria mais longe...

Acho que devia de haver uma responsabilização criminal pelos erros feitos contra todos nós e contra o nosso habitat(...).”

Pedro Laginha