Vítor Pomar

"De momento ainda não readquiri a nacionalidade portuguesa, o que me impede de assinar a ficha, mas quero manifestar o meu apoio.

A natureza dos animais não é, em essência, diversa da dos humanos; pelo contrário, são portadores de grande sabedoria e temos imenso a aprender com eles: não sofrem de obesidade, o voo dos pássaros não deixa rasto, são capazes de pressentir terramotos, tsunamis, etc, a sua companhia é benéfica para as crianças.

Por fim, proteger os animais e salvar suas vidas é uma prática budista que prolonga a vida e alivia sofrimentos vários.

O apoio a esta causa é uma porta aberta para a paz no mundo!"

Vitor Pomar