By

Dois anos depois do PAN propôr na Assembleia Municipal de Lisboa a mudança de política relativa aos pombos, com a proposta de construção de uma rede de pombais contraceptivos, a Câmara Municipal de Lisboa inaugurou um pombal contracetivo em Benfica e somente porque foi uma proposta vencedora do Orçamento Participativo de 2015 .

Também Inês Real, antiga Provedora dos Animais de Lisboa e actual Candidata do PAN à CML, já tinha recomendado a implementação destes pombais e a suspensão das capturas e abates dos pombos como método de controlo desta população

Apesar do discurso que acompanhou esta inauguração, verificamos com tristeza que esta medida permanece enquadrada na “higiene urbana” em vez de ser uma medida de “Bem Estar e Proteção Animal”.

A autarquia não mudou o paradigma no que se refere à causa animal, apenas o discurso.

O PAN em abril deste ano reforçou a sua proposta de construção de pombais contracetivos, propondo à CML aumentar o número de áreas de intervenção para construção deste tipo de pombal e também a utilização de edifícios existentes, nomeadamente no centro da cidade histórica, para instalar no seu interior pombais contracetivos, utilizando edifícios municipais.

Apesar do atraso, felicitamos a proposta vencedora do Orçamento Participativo e todas as pessoas e associações que defendem a Causa Animal.

 

 

Leave a Reply