By


Voto de Solidariedade e Pesar

Este é um daqueles momentos em que tudo o que se possa escrever parece redutor perante a enormidade da tragédia. A magnitude da perda de vida ocorrida em Pedrógão Grande, as circunstâncias incompreensíveis da tragédia e a aparente impossibilidade de prever ou gerir situações idênticas coloca-nos perante a necessidade de definir novos comportamentos perante este tipo de ocorrência. O clima extremo e eventos associados são realidades novas que exigem mais do que o simples pedido de mais meios humanos e materiais para combater os fogos florestais. Perante o sucedido, o dobro dos meios não teria alterado o resultado final. É altura de fazer finalmente, o que nunca foi feito de forma consequente, um ordenamento do território menos produtivista, que olhe mais à preservação dos ecossistemas e menos à velocidade de produção do produto florestal. E, finalmente regressar ao plantio de espécies autóctones resistentes ao fogo que nunca teriam o comportamento que acabou por ditar o destino dos nossos concidadãos. Para já fica-nos um voto profundo de solidariedade e pesar com as famílias afectadas. Daqui para a frente um combate sem quartel à cupidez que acaba por gerar este tipo de comportamentos e um redobrado alertar dos nossos concidadãos para a realidade dos fenómenos extremos associados às alterações climáticas.

O PAN Lisboa manifesta o seu pesar pelas vítimas de Pedrogão Grande e solidariza-se com as suas famílias neste momento de dor, que afectou pessoas e animais e também uma parte importante do nosso património natural.

Nesta hora difícil o nosso agradecimento aos bombeiros que combatem as chamas e mobilizam no local o apoio às vítimas.

A consternação do momento impede-nos de uma maior reflexão que este flagelo exige. Agora é tempo de actuar e ajudar.

A doação de bens alimentares ou outros, como águas, barras energéticas ou frutas (que não necessitem de ser descascadas) podem ser entregues nos seguintes postos de recolha instalados nas Corporações de Bombeiros Voluntários de Lisboa:

– Ajuda (Rua Sá Nogueira),
– Beato (Rua do Grilo),
– Cabo Ruivo (Rua Montepuez),
– Campo de Ourique (Rua José Gomes Ferreira),
– Lisboa (Largo Barão de Quintela),
– Lisbonenses (Rua Camilo Castelo Branco)

 

Leave a Reply