Voto de Pesar pelo Falecimento de Zé Pedro

 •  0

By

Voto de Pesar Pelo Falecimento de Zé Pedro

José Pedro Amaro dos Santos Reis, conhecido como “Zé Pedro”, foi um músico português, guitarrista e fundador da icónica banda de Rock/Punk  portuguesa, os Xutos & Pontapés.

Filho de um militar, José Pedro Amaro dos Santos Reis, nasceu no dia 14 de setembro de 1956, na ala do exército do Hospital Militar da Estrela, em Lisboa. Foi muito novo para Timor-Leste, onde o pai estava destacado. Regressou a Lisboa, mais tarde, com 6 anos.

Faleceu na ultima quinta-feira, aos 61 anos de idade, em sua casa, vítima de doença prolongada.

Zé Pedro, era conhecido pela sua enorme alegria em cima do palco e fora dele, assim como pela presença do seu sorriso, que o marcava.

Em finais da década de 1970  o músico, juntamente com Zé Leonel e Paulo Borges, decidiu criar uma banda, batizada de Delirium Tremens, que mais tarde viria a chamar-se Xutos & Pontapés, já com a entrada de Kalú e de Tim para o lugar de Paulo Borges.

Em meados dos anos 90, durante uma pausa do grupo, participou em conjunto com o colega de banda, Kalú, na banda de Jorge Palma, Palma’s Gang.

Trabalhou com a Antena 3, onde apresentou com Henrique Amaro o programa “Música Avariada”. Foi também DJ e teve ainda uma rubrica na rádio Radar.

Em 2004, teve uma participação especial no filme Sorte Nula, de Fernando Fragata, onde interpretava um recluso evadido e a banda sonora do filme fora a sua banda, os Xutos & Pontapés.

Em 9 de junho de 2004, foi agraciado com o Grau de Comendador da Ordem do Mérito.

Com Alexandre Soares, Gui, Pedro Gonçalves, Jorge Coelho e Fred Ferreira gravou uma versão de “Call Up” dos The Clash.

Em 2007, uma das suas irmãs, Helena Reis, lançou o livro “Não Sou o Único”, que conta toda a vida do guitarrista.

Salientamos ainda, que a par das diversas causas que apoiou, Zé Pedro dedicou ainda a sua simpatia e pronta adesão ao movimento de defesa dos direitos dos animais, participando em diferentes campanhas promovidas pelas associações de proteção animal.

A partida de Zé Pedro – o Homem do leme -, uma figura carismática e querida do rock português e não só, que marcou diferentes gerações e momentos nacionais – dono de uma história de vida impressionante – deixa-nos mais pobres, mas com a lembrança do seu grande sorriso e coração e a certeza porém, de que “brilhará, p’ra sempre” na nossa memória coletiva.

A Assembleia Municipal de Lisboa, reunida em  5 de Dezembro de 2017, delibera:

  • Guardar um minuto de salva de palmas em memória e profunda homenagem a José Pedro Amaro dos Santos Reis;
  • Remeter o presente voto de pesar à família, amigos e restantes membros da banda Xutos & Pontapés, endereçando as suas sentidas condolências.

 

Lisboa, 04 de Dezembro de 2017

Pessoas – Animais – Natureza

O Grupo Municipal do PAN,

Miguel Santos                                                          Inês de Sousa Real

Deputados Municipais.

 

 

Leave a Reply