By

Família despejada nos Olivais

 

Através de uma publicação efetuada numa rede social, fomos informados de que uma família constituída por dois adultos, um menor, um cão, um coelho e um hamster, que estava a ser apoiada por pessoas do bairro dos Olivais, terá sido despejada ontem pela Polícia Municipal e por uma empresa contratada pela Câmara Municipal de Lisboa que esteve no local a fim de proceder à substituição da respetiva fechadura.

De acordo com a situação que vem descrita, depois de efetuado o referido despejo a família foi deixada com os seus pertences e animais à chuva, pelo que terá sido a contactada a Polícia Municipal a fim de se deslocarem ao local e procederem à recolha dos animais, estando o alojamento da família garantido em albergues separados através da assistente social, tendo os respetivos bens ficado guardados num armazém no bairro dos Olivais, ao cuidado das pessoas que os têm vindo a apoiar.

Relativamente aos animais e apesar de terem sido recolhidos pela Casa dos Animais de Lisboa, habitava no local uma família com uma criança menor.

Em face do exposto, vem o Grupo Municipal do PAN ao abrigo do disposto na alínea g) do artigo 15º do Regimento da Assembleia Municipal de Lisboa, que solicite à Câmara Municipal esclarecimentos sobre o levou a procederem ao despejo de uma família com uma criança menor e que soluções estão a ser encontradas para realojar condignamente estas pessoas, no seguimento de uma intervenção da própria autarquia.

 

Lisboa, 6 de novembro de 2018.

 

O Grupo Municipal

do Pessoas – Animais – Natureza

Miguel Santos                                                          Inês de Sousa Real

 

 

Leave a Reply