Quem somos

O PAN - Pessoas-Animais-Natureza é um partido político português, inscrito junto do Tribunal Constitucional (TC) desde 13 de Janeiro de 2011 (ver Acórdão do Tribunal Constitucional n.º 27/2011), então sob o nome de Partido pelos Animais e pela Natureza. A mudança de nome foi aprovada a 18 de Setembro de 2014 pelo TC.

Porém, a história do partido começou muito antes, em 2009, então sob o nome de Partido Pelos Animais (PPA).

Os valores do PAN estão patentes em documentos como a Declaração de Princípios e o Manifesto que, a par dos Estatutos, constituem os alicerces deste projecto político de cidadãos preocupados com o bem-estar das pessoas, dos animais e da natureza.

O partido defende também a transparência no exercício da actividade política, considerando indispensável que os contribuintes saibam o que os partidos políticos fazem com o dinheiro que recebem.

Em termos organizacionais, o partido apresenta uma estrutura nacional composta pelos seguintes órgãos: Congresso Nacional, Comissão Política Nacional, Conselho Nacional e das Regiões, e Conselho de Jurisdição Nacional. Existem ainda as Assembleias Regionais e as Assembleias Locais e Plurimunicipais, encarregues de defender as posições do partido nos âmbitos regional e local.

Contando com apoiantes de diversas origens, o PAN faz parte de um movimento social mais vasto, onde se incluem inúmeros projectos afins, tanto em Portugal como no estrangeiro.

Atualmente o PAN tem como porta-voz André Silva.