AmbienteAnimaisLisboa

Requerimento – Denúncia relativa à morte dos peixes do lago do jardim da Quinta de Santa Clara

Assunto: denúncia relativa à morte dos peixes do lago do jardim da Quinta de Santa Clara

No seguimento de uma denúncia dirigida por um cidadão a este Grupo Municipal tomou-se conhecimento que o lago do Jardim da Quinta de Santa Clara, na Freguesia da Ameixoeira, foi objeto de uma limpeza há cerca de 3 meses que não teria tido em consideração o respeito pela vida de mais de uma centena de peixes, que terá culminado na morte destes animais.

No início dos trabalhos, alguns cidadãos mais preocupados com o rumo das limpezas viram-se obrigados a fazer o transbordo dos peixes para um depósito de água cedido pela empresa de limpeza contratada pela Junta de Freguesia, depósito manifestamente pequeno e sem condições necessárias à sobrevivência dos animais.

O trabalho de limpeza não terá produzido o efeito desejado, razão pela qual a empresa voltou a deslocar-se ao local, optando por aspirar a água e com ela os peixes que lá viviam. Terão ainda para efeitos de limpeza contaminado a água com um produto químico que pôs termo à vida dos animais sobreviventes.

De acordo com a reclamação em agosto ainda terão sido vistos peixes a boiar no lago, mortes que resultaram do produto químico vertido para o lago.

Considerando que esta situação é atentatória do respeito pela vida dos animais e pode por em causa a saúde pública dos transeuntes, vem o Grupo Municipal do PAN requer a V.ª Ex.ª, nos termos da alínea g) do artigo 15º do Regimento da Assembleia Municipal de Lisboa, que solicite à Câmara Municipal de Lisboa esclarecimento escrito sobre a situação relatada e se a autarquia tem algum procedimento tipo para evitar que estas situações não se repitam.

Lisboa, 24 de outubro de 2019


O Grupo Municipal do
Pessoas – Animais – Natureza
Miguel Santos Inês de Sousa Real