AçoresDireitos Sociais e HumanosEducaçãoRegionais Açores 2020Saúde e Alimentação

PAN/Açores acompanha as propostas da Ordem dos Psicólogos na saúde mental para os próximos 4 anos

O PAN/Açores, em audiência com a Direcção da Delegação da Ordem dos Psicólogos dos Açores, prometeu acompanhar as propostas da Ordem, com a inserção de medidas no Programa Eleitoral do partido respeitante à promoção da saúde mental, dando foco em acções de prevenção e na lacuna da transversalidade entre Secretarias Regionais, como a da Educação, Saúde e da Vice Presidência que tutela o Emprego.

Já em 2016, o PAN/Açores introduziu várias medidas no âmbito da saúde mental, muito devido à falta de estratégia governamental açoriana respeitante à prevenção e acompanhamento da saúde mental dos cidadãos na região, esquecendo que o arquipélago é a região com mais taxas de suicídio em jovens e na faixa etária entre os 35 e 44 anos, e que mais consome ansiolíticos e sedativos em Portugal, segundo dados da Coordenação Nacional de Estratégia do Medicamento e dos Produtos de Saúde.

Para o partido, é um problema de saúde pública e é urgente investir em acções de prevenção, na promoção da Saúde mental/psicológica, garantindo a devida implementação de estratégias e um acesso atempado aos cuidados psicológicos a todos os cidadãos, independentemente da sua condição social ou económica, para se conseguir dar resposta às necessidades primárias.

Pedro Neves porta-voz do PAN/Açores, afirma que “é imperativo criar um Programa Regional de Prevenção da Depressão, começando nas nossas crianças, com acções e estratégias de forma a contribuir para a prevenção das diversas problemáticas que a região apresenta”.